terça-feira, julho 24

Acidentes.

Vcs ficaram comovidos, chocados ou revoltados com os últimos acidentes aéreos que dominaram os noticiários?

Pois é, eu tb fiquei. Foi triste. Em menos de 1 ano foram cerca de 350 mortos.

Nós sentimos pela dor dos outros, a imprensa faz o alvoroço que dá audiência, a população protesta, o povo nos aeroportos fica estressado, as empresas perdem dinheiro, e por ae vai...

Como eu disse ali em cima, cerca de 350 mortos né?
Ok... De tanta exposição na mídia, até decoramos estes números trágicos.

Mas algumas coisas parece que esquecemos... Alguém ae tem uma associação rápida ao número de 25 mil mortos? Guerras? Pestes? Fome na África? Terremotos? Tsunamis?

Galera, 25 mil mortos é o que temos por ano nas estradas brasileiras. É muita coisa, porra! E agora que estamos com medo de avião, isso tende a piorar.

Ah, o jatinho Legacy bateu no avião da Gol porque um deles estava na altitude errada? Quantos carros, ônibus e caminhões batem de frente em ultrapassagens irregulares?

Os controladores falharam? E o controle das estradas? Sinalização vertical e horizontal? Só nas estradas onde tem pedágio e olhe lá. Motoristas bêbados? Quem impede?

Os aeroportos estão lotados e cheios de atrasos? Tente pegar um ônibus na rodoviária de Campinas nos finais de semana.

A pista de Congonhas não tinha ranhuras? E as estradas cheias de buracos?

O avião tinha problemas no reversor? E a qualidade dos carros que trafegam em nossas estradas?Todo mundo faz manutenção?

Temos que lembrar que o caos é pior nas estradas, e temos que colaborar.

Não corra. Seja prudente nas ultrapassagens. Falicite para os outros, dirija defensivamente. Faça manutenção, principalmente de freios, pneus e itens de segurança. Não tenha pressa. Dirija em paz. Chegue meia hora depois, mas chegue.