sexta-feira, dezembro 7

Telefônica, uma empresa maldita do capiroto

Na Folha de São Paulo:


Líder em queixas, Telefônica promove "festinha" para Procon

Empresa patrocinou almoço e distribuiu brindes, como aparelhos de DVD, telefones sem fio e pendrives, para funcionários do órgão

Em São Paulo, segundo o último levantamento disponível, a empresa liderou o ranking do próprio Procon, com 11% das queixas (2.262)



__________________

Cara, eu odeio a Telefônica. E com força. Tenho pelo menos umas 4 ocorrências desagradáveis com esses malditos onde eles me trataram como um imbecil.

Coisas como:
- Conta telefônica com ligações que eu não fiz. Não MESMO.
- Speedy cobrado 2x na mesma conta. Depois de vááárias ligações, esperando sempre hooooras pra ser atendido, com os malditos perguntando sempre as mesmas coisas a cada vez que eles transferiam pra um maldito novo, antes da ligação cair. Quando consegui, disseram pra desconsiderar a cobrança errada, que eles iam mandar a 2ª via da conta. Mandaram. IDÊNTICA à primeira. Filhos da puta.
- O orelhão engoliu o cartão de 50 unidades que o Chocomix tinha acabado de comprar. E ele precisava fazer uma ligação urgente. Depois reclamamos, passamos o endereço do orelhão. Nos deram um número de protocolo. Depois de um tempo ligamos e eles disseram que não havia sido encontrado nenhum cartão naquele orelhão. Puta que o pariu! Será que acham que eu ia perder meu tempo ligando lá, esperando trocentos minutos pra ser atendido, pra tentar "ganhar malandramente" a porra de um cartão??? Malditos, malditos.
- Agora mais uma. Quero cancelar uma linha que eu jamais devia ter pedido. Os malditos dizem que falta pagar uma parcela da conta. A maldita parcela já foi paga. E nem com o comprovante os malditos aceitam desvincular meu nome da lista de clientes deles.

Bom, eu creio que é desnecessário dizer que não é bom ser cliente da empresa com mais reclamação no PROCOM. Mas se vc quiser, vai lá. Depois torce pro Super 15 te salvar.

__________________

Ps: na notícia seguinte na Folha diz que Procon devolverá os presentes.