terça-feira, agosto 12

ERA UMA VEZ NA REPROGRAFIA

Texto enviado pelo Johnny:

Olá querido companheiro, numa tarde chuvosa e escura como Tonner, coisas estranhas começam a acontecer...

QUINTA FEIRA, 09h30minh

Guilherme pergunta:
- Cadê o pessoal novo Carla?
- Eles não chegaram chefe!
- =&$#% que pariu!
- Devem ter sido os Bandidos da Saidinha que os raptaram
- O que faremos? Você conhece alguém, Carla?
- Vamos ter que chamar a Guarda Maria, chefe!

MOMENTOS DEPOIS

Carla corre em direção a Maria
- O que foi Carla?
- Eu e o chefe precisamos de você Maria.
- Maria não é? Eu sou o Guilherme e precisamos de você, pois acreditamos que os bandidos da saidinha raptaram nossos novos funcionários.
- Mas o que uma simples guarda pode fazer?
Desconsolada Carla desabafa:
- Oh! E agora quem poderá nos defender?!?!
- Eu, o Pablo Lorota
Num momento memorável o Sagaz Líder Guilherme observa com total espanto enquanto um ser embriagado surge pulando da janela atrás de Maria
- Que PIIIII é você?
- Pablo, o melhor ex-funcionário da reprografia!
- E como você pensa que pode nos ajudar?
- Com meus poderes lingüísticos que aprendi na distante terra da Larábia, e usarei-os na porta do bar para saber onde estão os novos funcionários.
De uma maneira muito rápida para o ser embriagado, ele corre para a rua rumo ao buteco atrás de informações e uma Skol bem gelada.

ENQUANTO ISSO...

...num lugar bem longe dali, a DiabólicaDebora planeja contra o Sagaz Líder.
- O Guilherme não obterá mais nenhum funcionário, eles serão só meus, MEUS! MUAHAHAHAHA
Ela disse isso encarando os novos funcionários presos na sala do Joel.

Mas o que a DiabólicaDebora não sabia é que Zé, o novo funcionário, consolava as meninas e modelava a mola da piranha de uma delas em uma Chave Mestra. Mas ele sabia que ainda não era hora de usar o seu mais novo artefato.

NO PALÁCIO DA JUSTIÇA

O Sagaz Líder , de mãos atadas e sem nenhuma informação sobre o paradeiro de qualquer novo funcionário, corre ao telefone para ligar na central de relacionamentos Simpress !Onde tudo está ao seu alcance! E como era de se esperar a ligação não passa da espera, numa musiquinha irritante de elevador, pois os atendentes preferem fofocar a realizar seus simples trabalho. Irritado e triste com sua situação resolve ir comprar duas garrafas de Coca-AlcOólica para esquecer. Satisfeito com a bebida ele vai para a casa.

LOGO A NOITE

A DiabólicaDebora, que também aprecia Coca-Alcoólica, foi em busca de uma garrafa. Aproveitando do descuido de sua captora, Zé viu sua oportunidade de fuga, usando suas habilidades e seu incrível artefato, ele abre a porta.

Mas a jornada à liberdade dos novos funcionários apenas começa.

Conhecendo a única saída, pela sala de treinamento, eles se encaminham, chegando lá se deparam com a Fabulosa Máquina de Cópia Ricoh (obs. Existem três máquinas para treinamento, mas só usam uma).
Finalmente livres e desobstruídos de qualquer Trainee e encantados com a chance de realizar uma cópia vão investigar a máquina.

E Zé espantado diz:
- Que coisa maravilhosa isso! Não acham meninas?
- Incrível mesmo! -Responde Cintia- Mas o quê?! Acho que precisa de senha.
E Jaqueline lendo o visor completa:
- Realmente sim, melhor assim, temos que ir, essa coisa faz muito barulho.

E seguiram rumo a liberdade, não dando conta de que seu pequeno incidente os deixou a guarita da portaria vazia, já que o guarda foi investigar o barulho da máquina, mas nunca souberam que sua curiosidade os possibilitaram dessa fuga alucinante da Temível sala do Joel.

Libertos enfim, foram capazes de ocupar seus respectivos cargos, lembrando-se das instruções da DiabólicaDebora antes de seu surto psicótico, tinham as seguintes informações:

Zé, o Magaiver, deve ir a Cid Judiciária para incrementar as habilidades do quadro de funcionários inexperientes.

Cintia, a Felicitada, ajudada por Zé e consolada por Jaque, deve ir ao Palácio, o seu lugar de direito.

Jaqueline, a desinformada que foi levada a erro pela DiabólicaDebora tendo de ir para ir a Cid Judiciária onde não é seu lugar de direito.

E nesse novo dia onde a Paz finalmente reina, o Sagaz Líder consegue enfim receber seus novos funcionários, apesar da pupila Jaqueline ter errado de lugar, hoje ele é capaz de tomar sua Coca-Alcoólica para relaxar e não para esquecer.

Os pupilos do Sagaz Líder conseguiram sair ilesos de sua iniciação na Grande Empresa Simpress.

Claramente eles terão outras desventuras, mas encontram-se felizes agora.

A DiabólicaDebora, que com a Coca-Alcoólica desfez seu surto psicótico recobrando a sanidade e voltando a ser a BoazinhaDebora.

E no final dessa história companheiros, não podemos deixar de citar o paradeiro do Pablo Lorota, o ser embriagado.

Com suas incomparáveis habilidades, ele ganhou ‘várias’ cervejas na faixa, mas nenhuma informação. Insatisfeito com seus resultados ele continuou a beber e assim entrou em Coma Alcoólico, onde encontra-se até os dias de hoje.

FIM


Escrito por Johnny e Ajudado por Carla


EXPLICAÇÕES:

Numa quinta-feira de muita expectativa frustrada os novos funcionários não apareceram no setor de cópias que fica no centro de Campinas, onde eram duas garotas no centro e um garoto para o setor da Cid Judiciária. O problema era que nem o chefe Guilherme sábia onde estavam esse pessoal, pois não avisaram ele. As vezes a central da empresa, que fica em São Paulo, não é muito organizada.
E foi nisso que fiz essa sátira onde todos personagens são reais. Mas devo algumas explicações:

Joel – Chefão da empresa, um dos diretores.

Débora – Funcionária do RH, cuida das contratações

Pablo – Ex-funcionário e amigo meu, que vai muito ao setor de cópias.