terça-feira, abril 28

Futebol, pinga e a Silverado do Tio Marcão



Evento raro, veja os motivos:

1- Jogo decisivo pra Caldense. Valendo vaga na primeira divisão mineira, o campeonato mais importante depois da Champions League.

2- A Caldense, é único time BACANA do mundo. (ouça aos 52-53 segundos)

3- Nas arquibancadas estariam: Eu, Feijão, Tio Marcão e Picuru.


Prossigamos. Fomos todos de carona com o Picuru, que é irmão do Feijão. O que nos levou a ouvir por umas 15 vezes durante o trajeto, o Feijão falando: "- Pára de dirigir igual playboy, porra!" ou então: "- Pára de dirigir igual playboy, caralho!" - Mas no geral foi uma ida tranquila.

Chegamos. Eu, Feijão, Tio Marcão e Picuru no estádio, e não vende álcool lá dentro. E chegamos lá com sede, afinal o tempo seco Poços Caldense deixa a boca seca.

Para nossa sorte, a Secretaria de Engenharia de Estádios de Poços de Caldas providenciou a construção de um buteco ao lado do Ronaldão Arena (estádio local).

Como havíamos chegado com certa antecedência, fomos forçados a ir pro buteco, onde já encontramos alguns torcedores da Caldense e demos início ao processo de beber.

Sabe... A cerveja estava realmente boa. Um buteco com cerveja mais gelada do que em qualquer balada maldita de Poços. Sendo assim, bebemos várias. Tio Marcão, homem rústico, daqueles que acha cerveja coisa de viado, se dedicou exclusivamente à pinga artesanal do garrafão. Pinga que deveria estar bem da hora, visto o afinco com que ele se dedicou à mesma.

O começo do jogo se aproximou, enchemos nossos copos e fomos pra fila. É legal notar o cemitério de copos que se forma ao se aproximarem as catracas do estádio. Um homem só abandona seu copo quando é inevitável.

Bom... o jogo começou, a Caldense logo no começo já meteu gol, mas algo deixava Tio Marcão infeliz. Sim, a distância da cana. Ele até tentou pedir para os guardas permitirem sua saída breve para retornar ao buteco, mas teve seu pedido negado.

Se havia uma pessoa entristecida no estádio, esta pessoa era o Tio Marcão. Mas um homem deve saber aproveitar suas oportunidades. Ainda mais pela cana.

Eis que o sistema de som do Ronaldão Arena anuncia: "- Atenção proprietário da Silverado placas XXX-0000, seu veículo está bloqueando a saída de outros veículos."

Como se tivesse ouvido um aviso de Deus, Tio Marcão sorri e avisa: "- Já volto."

Então ele se dirige ao guarda e diz: "- Avisaram ali que meu carro está bloqueando outro."
Ao que o guarda prontamente respondeu: "- Ah sim, pode ir lá!"

A sagacidade amigos... Quando Tio Marcão voltou para as arquibancadas seu sorriso já indicava o sucesso da operação cana.

Grande Tio Marcão, o homem que prova que não saber dirigir não impede de ser feliz.

.