quarta-feira, junho 3

Enquanto isso num diálogo - vol.3

Como aquela criança ansiosa pra chegar ou pra sair do carro, eu perguntei pra ela: 

- eae, falta muito tempo?

Ela automaticamente jogou uma folhinha de calendário no meu colo, e não disse nada.
Antes tivesse dito, porque a folhinha não dizia que ano era, nem que mês. 

- tá de brincadeira, né, amiga? putaqueopariu.

- se vc perguntar isso mais uma vez, eu vou te dar uma folhinha de calendário.

- qual o problema de perguntar se falta muito tempo?

- não... eu não gosto que me perguntem é se eu estou de brincadeira... 

- ah tá... então poderia me dizer se falta muito tempo?

Ela remexe umas coisas, parecendo procurar algo:

- tinha uma folhinha aqui, eu ia olhar nela, mas não tô achando.

- é, vc me deu a folhinha.

- então olha nela, filho da puta.