sexta-feira, outubro 23

Os jornais de hoje

Às vezes eu fico pensando se a liberação do exercício da profissão de jornalista sem a necessidade de diploma foi certa ou errada. Em alguns momentos penso ser sacanagem com estes profissionais, eu sei como é trabalhar numa área em que muitos não têm um diploma. Mas por outro lado é difícil de imaginar a necessidade de um diploma para gerar matérias tão interessantes e úteis quanto àquelas que vejo na versão online da Folha de São Paulo (dia 23/10/2009):

"Jesus Luz chega atrasado para discotecar"
Eu chego atrasado todos os dias no trabalho e não viro notícia, por outro lado meu chefe tá ficando cada vez mais puto comigo. E como pode um cara chamado Jesus Luz catar a Madonna?

"Latino se compara a Britney"
Que beleza! Imagine a Britney: Hoje é festa lá no meu apê, vai ter bundalelê! Aí sim a galera ia gostar, mas como é o Latino se comparando, imagine ele de roupas todas coladas rebolando na frente da câmera?!?!? Ninguém merece essa merda, mas vai saber, existe gente que pode gostar.

"Susan Boyle esquece braguilha aberta durante jogo de futebol"
Essa sim, isso sim deixou minha vida mais culta. Hoje vou poder chegar na mesa de um café filosófico e dizer para a galera: vocês viram a Susan Boyle? Aquela gorda horrorosa tava com o zíper aberto!!! E todos eles refletindo: "sim, eu vi, mas eu acredito que, ontologicamente falando, a braguilha era somente uma válvula de escape para todas as reprimendas sociais que ela teve em sua vida". Caralho!

"Jennifer Aniston: Atriz está triste com doença de cão"
Eu achei que não precisaria comentar, mas não resisto. Ela fez aquela merda de filme do Marley, filme idiota onde todo mundo sai com cara de choro por causa de um cachorro idiota e que merecia porrada, e agora fica toda sentimental por causa de um vira-latas maldito que ela deve ter pago uns 20 mil dólares. Eu estaria preocupado é com a grana que teria gasto à toa.

"IPVA começa a vencer em 8 de janeiro em SP"
Aí todos me perguntam: "Mas essa notícia não é idiota!" Sim, ela não é, mas o mundo jornalístico tá tão bom, mas tão bom que uma das poucas notícias úteis só vai ser realmente útil daqui a mais de dois meses.