segunda-feira, março 8

Programas televisivos que mudaram a minha vida Vol. 1

Mais uma série de posts em volumes que podem não passar de um e cuja sequência irei esquecer (caso passe de 2, sim, eu sei contar até 2!).

Muitos programas de TV influenciaram minha vida, bons programas e péssimos programas. Mas poucos apresentadores de TVs me deixaram tão surpresos com a sua grande capacidade de falar merda. Salve salve Galvão Bueno e Silvio Santos, mas poucos são tão bons e atingem tanta capacidade quanto:



R.R. Soares, pastor mor do seu ministério! Recomendo àqueles que nunca tiveram saco para ver seu programa que o vejam! Ele é simplesmente o melhor. Mas irei contar agora porque o programa dele marcou a minha vida.

Eis que estava eu me preparando para ir tomar umas canas em algum boteco. Enquanto esperava um amigo terminar de tomar um banho, comecei a assistir esta figura inigualável. Logo iniciou um quadro entitulado "Abrindo o coração".

Uma mina qualquer, parecendo desesperada, envia uma carta para ele dizendo que não possuía dinheiro pro ônibus e que morava longe da igreja e que ela estava com medo de estar mais longe do senhor (deles, digo de passagem).

Eis a belíssima resposta de R. R. Soares, não em sua íntegra porque a cana fez eu esquecer alguns trechos, mas irei exaltar somente os melhores:

"Minha filha, falta de dinheiro pro ônibus e morar longe da igreja é falta de oração!
Por que uns têm avião, outros têm carro e outros bicleta e você nada? Tem que pedir pra deus, porque se você pedir pra deus, deus dá!"

"Quando eu era jovem, lá na época da ditadura, eu morava no Rio de Janeiro. Eu conheci uma casa de estudantes, 47 estudantes, TODOS comunistas. Aí eu comecei a pregar, ia com uns pra praia, andávamos. Alguns eu salvei, outros não. Não que eles fossem pessoas ruins, não era isso, é que eles eram muito materialistas."

Neste momento eu rolava no chão dando gargalhadas ao extremo e não consegui entender o final do que eles dizia, só sei que não tinha nada a ver com a resposta original.

Bem, esse programa mudou a minha vida e pretendo ver de novo porque se tem uma coisa que eu adoro ver é gente falando merda na TV!