sábado, abril 7

Papel social

Eu já cumpri meu papel social, eu já trabalhei muito e paguei muito imposto.

O tanto de imposto que eu pagava era o mesmo tanto de imposto que um cara com uma família de 2 filhos pagava. É justo que eu pague o mesmo imposto já que eu recebia o mesmo tanto! Não é essa a questão. A questão é que eu pagava o mesmo imposto que valia para 3 ou 4, logo o mesmo tanto que eu trabalhava equivalia ao mesmo tanto necessário para essas pessoas viverem. Qual a diferença? A sobra, minha sobra é maior. Se eu não consumir desesperadamente, essa sobra se torna capital excedente que, utilizado com moderação, pode me garantir um tempo sem trabalho.

Se eu trabalhei por 10 anos e consegui juntar dinheiro para não precisar trabalhar por outros 10 anos, não seria justo que o governo me repassasse um valor relativo ao FGTS que paguei pelos outros 10 anos trabalhados? Uma espécie de aposentadoria temporária.

Eu só queria que o governo me desse, mensalmente, uma cesta básica. Acho justo. Fair enough.

Dou fé.